Primeiros cuidados e uma vida cheia de qualidade

MAER SHALAL HAS BAS

Em proverbios 12:10 é mencionado que papais que amam seus mocinhos, e proverbios 27:23 denota o entendimento por nossos mocinhos agradam ao Senhor! Melhor forma de demonstrar esse amor é entender, conhecer e exercer cuidados corretos!

É para isso que estaremos nos encontrando nesse blog, para se munir de informações. Nessa Historia, quem realmente irá ganhar é nosso mocinho!

Adquiriu seu tão sonhado Mocinho???,

Quando adquirimos, mesmo enchendo o criador de perguntas e todas elas respondidas, com certeza no momento do convívio será quando a maior parte das duvidas irão surgir .

1ª aquisição

Antes mesmo de seu mocinho chegar em casa , já é momento da 1ª compra para já preparar o ambiente que ele ficará : tapetinho higiênico (nunca jornal :ele é proliferador de císticos de giardíase), recipiente para ração superpremiin ou AN (alimentação natural), água filtrada e frutas não acidas , caminha , cobertorzinho, brinquedo (sempre de borracha para ajudar na mordedura e com barulhinhos para aguçar a atenção ), shampoo sem lauril e sodio para não arder os olhinhos e agredir a pele, condicionador de qualidade em componentes com menor carga de química possível.

ADAPTAÇÃO

O momento de adaptação é um momento que nossos pequenos ficam com a imunidade baixa , devido ao estress de estar conhecendo seu novo lar, sua nova família e ao mesmo tempo se desligando de seus irmãozinho, seus amiguinhos e sua mamãe.. então procure pedir ao criador um objeto de referencia olfativa para esse momento de adaptação não ser tão estressante , já q eles possuem senso olfativo como maior sentido de seu organismo . “Não é indicado receber seu bebe num momento de férias , para assim eles não precisarem de ter dois tipos de adaptação : um de reconhecimento da família e depois ter de aprender a rotina dela ... então um final de semana é ideal para entender e aprender os cheiros de cada um e já nós próximos dias aprender a rotina de todos .

COCÔ E XIXI

Para melhor forma de adestramento sobre xixi e coco é colocar em pratica logo que ele chega em sua nova casa. Para mocinho , assim como você, tudo é novo! E mesmo q ele já tenha noção espacial para suas necessidades (questão de instinto que ele aprende junto com sua mamãe além de sua referencia olfativa sobre o local onde está o cheiro do xixi e cocô), a casa ainda é nova , então até conseguir “decorar” o caminho ao local correto, o ideal é deixar a caminha de dormir os recepientes para alimentação todos juntos (obviamente com um espaço de media 1 metro um do outro para não haver contaminação ), e assim não não confundi-lo e tornar essa adaptação ainda mais estressante. Após esse período, quando percebemos que ele passeia pela casa e logo vai para seu local de necessidades para fazer seu xixizinho e cocô, então pode coloca-lo para dormir e comer onde optarem , já q até esse momento, ele já conheceu e “aprendeu” todos os lugares da casa.Pelo fato deles terem sintonia humana, nunca é indicado deixa-los limitados ao contato humano.

Uma dica e até informação muito útil: nossos mocinhos são ligados à nos de forma mais delicada e amorosa, eles tendem à querer nos agradar de qualquer forma à retribuir todo aquele amor que oferecemos! Por conta disso, quando eles fazem seu xixi ou cocô em local correto, faça festa! dê amor! brinque! demonstre que aquela ação que o faz sentir o cheiro do xixi e coco que fizeram seja referencia de seu amor e dedicação... Pelo contrario que muitos pensam, se ao fazerem um xixi ou cocozinho não certo em local inapropriado, ao dar bronca, ser mais severo ou ate mesmo agir como os antigos q esfregavam o focinho na sujeirinha ou bater com jornal para assustar. Isso não os fará entender que o local está errado, mas sim entenderão que a sensação de fazer o xixi e cocô, fez papai e mamães responderem daquela forma e o agravante disso, não se dará apenas no stress e uma baixa imunidade, o amor deles é tão sincero, que ao perceber que estão com vontade de ter aquela sensação, irão segurar ao máximo para não desagradar papai e mamãe, resultado: desenvolver questões no trato urinário , cristais e à longo prazo até calculo renal, constipação (retenção de cocô no intestina) ressecamento desse coco e até ranhuras no ânus, promovendo hemorroida. Veja que chega a ser emocionante o amor que eles tem por nós, à ponto de se machucarem e desequilibrar sua qualidade de rotina fisiológica e até chegar à ponto de decorrência de doenças mais agravantes , por puramente querer nos agradar. Por isso, entenda que não é à base de voz opressiva e ações violentas que irá faze-los entender aquilo que você quer, é muito mais fácil : o amor vence tudo, inclusive ensina oque realmente importa da forma mais prazerosa para ambos!

VACINAÇÃO

Se o seu bebe recebeu cuidados para melhor imunização como pozinho de luz em seus primeiros momentos de contato com alimentação, alem de todos os tratamentos e cuidados que teve antes de chegar até sua casa, ele terá duas doses de vacinas aplicadas posterior à primeira dose . Porem é de suma importância entender que independente do criador, canil ou tratamento , seu bebe tem que ser entregue à você com pelo menos, uma dose de vacinação v10 ou v8 aplicada .

Abaixo, vamos conhecer as vacinas dos mocinhos presentes no protocolo veterinários de vacina :

Vacinas Polivalentes

Vacina puppy é uma vacina de bebe cão contra cinomose e parvovírus, devendo ser feita em cachorros com cerca de 4 semanas, antes de iniciar a protocolo de vacinas polivalentes. Esta vacina é principalmente recomendada em áreas com alto risco de cinomose ou parvovirose ou bebes que a mamãe não pôde amamentar

V7 é uma vacina de cães indicada contra cinomose, adenovírus tipo 2, parainfluenza, parvovirose e leptospirose (L. canicola e L. icterohaemorrhagie). O reforço deve ser anual, durante toda a vida do cachorro. Na primo-vacinação (primeiro grupo de vacinas tomadas no primeiro ano de vida) é necessária 3 ou 4 doses, a critério do médico veterinário, que podem ser iniciadas a partir dos 42 dias, com intervalos de 3 ou 4 semanas entre as doses.

V8 é uma vacina de cãe indicada no combate a cinomose, adenovírus tipo 2, coronavírus, parainfluenza, parvovirose e leptospirose (L. canicola e L. icterohaemorrhagie). O reforço deve ser anual, durante toda a vida do cachorro. Na primo-vacinação (primeiro grupo de vacinas tomadas no primeiro ano de vida) é necessária 3 ou 4 doses, a critério do médico veterinário, que podem ser iniciadas a partir dos 42 dias, com intervalos de 3 ou 4 semanas entre as doses.

V10 é outra vacina de cachorro polivalente contra a cinomose, adenovírus tipo 2, coronavírus, parainfluenza, parvovirose e leptospirose (L. canicola e L. icterohaemorrhagie e L. grippotyphosa e L. Pomona). O reforço deve ser anual, durante toda a vida do cachorro. Na primo-vacinação (primeiro grupo de vacinas tomadas no primeiro ano de vida) é necessária 3 ou 4 doses, a critério do médico veterinário, que podem ser iniciadas a partir dos 42 dias, com intervalos de 3 ou 4 semanas entre as doses.

Vacina contra gripe canina (traqueobronquite infecciosa canina) combate uma doença multicausal, ou seja, que possui mais de um agente infeccioso, a Bordetella e Parainfluenza. O reforço deve ser anual durante toda a vida do animal, e na primo-vacinação é necessário 2 doses que podem ser iniciadas a partir de 42 dias, com intervalos de 3 ou 4 semanas entre as doses.

Vacina Antirabica é a única vacina obrigatória pelo governo e as prefeituras disponibilizam gratuitamente à população em campanhas de vacinação ou nos centros de controle de zoonoses. O reforço deve ser anual, durante toda a vida do animal e na primo-vacinação é necessária apenas uma dose por volta dos 4 meses. Uma curiosidade que atribuiu à vacina anti-rabica ser inativa , ou seja , carga viral morta foi por conta de uma questão de fatalidade em massa devido à campanhas que conhecemos em escolas e lugares públicos a aplicação da vacina se gratuita , o não armazenamento correto , fez com que a temperatura elevada da vacina a torna-se letal , devido à proliferação viral . Por conta disso há anos ela é apresentada como inativa

Vacina de Giárdia é optativa que protege o cão contra a infecção pelo protozoário Giárdia lambia. Necessita na primo-vacinação 2 doses e depois reforço anual por toda a vida (opcional devido a vacina ser de carga viral e protozoário ser um parasita e assim haver a maior necessidade de higienização do local para prevenção da doença, do que propriamente a vacina em si)

Vacina V7 + Antirábica: é uma combinação da polivalente V7 associada à antirábica em um único frasco, necessitando apenas de uma aplicação. Esta vacina é feita como reforço anual em animais adultos, ideal para cães pequenos e sensíveis a aplicações.

É importante salientar que dentro de 24 horas há probabilidades de reações anafiláticas , por conta disso, a necessidade em estar observando-os. Assim que aplicada é administrado ao bebe e até mesmo à cada vacina anual de nossos mocinhos , se faz a necessidade de pedir orientação para o veterinario se há necessidade de oferecer algum medicamento a fim de anular dores locais e febre ocasionada pelas vacinas. Lembrando que todos os bebes de cães , principalmente porte pequeno , permanecem com a carga viral da vacina encubada pelo período de 5 dias aproximadamente por isso , a ingestão de vitamina C aumenta a imunidade do nosso mocinho para que ele consiga reagir positivamente contra as cargas virais que “atacam”o seu organismo enquanto sua carga de antianticorpo estará sendo desenvolvida.

O intervalo entre as doses deve ser no mínimo 21 dias e no máximo 30 dias;

O bebe deve estar em condições saudáveis para ser vacinado;

É obrigatório o uso de agulhas e seringas esterilizados, e as condições de antissepsia respeitadas;

Após a vacina, o bebe não deve ser exposto a esforços físicos ou mesmo a fatores estressantes.

1º VISITA AO VETERINARIO

Saiba que assim como crianças precisam de consultas periódicas em seu pediatras, seu filhote também necessitará de ter suas visitas ao veterinário. É ele que dará as vacinas periódicas, conhecerá todo o histórico de seu mocinho até a fase adulta, é ele que estará lhe orientando em momentos de dorzinhas dele. Por isso, assim que decidir comprar seu filhote, procure de preferência o veterinário do canil onde comprou-o , para dar seguimentos aos cuidados necessários que ele teve desde seu pré natal dê preferência aos atendem à domicilio para não deixar seus bebes expostos em clinicas (já que essas deixam nossos bebes expostos à cargas virais de cães adoentados- mesmo com purificador , se há infecção hospitalar humana , com certeza há exposição de tais infecções aos nossos mocinhos )